quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Retrospectiva

Esse não é um site pessoal. O que não impede que algumas vezes eu poste coisas sobre a minha vida. É só olhar posts passados...

Porém, eu gosto de pensar sempre no ano que passou... E é por isso que esta retrospectiva está aqui. Formalizada! 

Este foi um ano surpreendente... Um ano de grandes mudanças na minha vida. Ano em que eu viajei, apresentei uma outra monografia e  formei em Administração, que eu emagreci 25 quilos, cortei o cabelo, comecei a fazer pilates, massagem, me cuidar mais...

Mas, a principal e grande mudança na minha vida, e que teve como conseqüência várias outras, foi que eu me divorciei. Não foi minha escolha. Mas aconteceu. E me provou que depois de uma grande tristeza, as coisas podem sim melhorar... Foram quarenta dias e quarenta noites de lágrimas (Dilúvio aí vou eu!). Foram quarenta dias em que pedi para morrer mais vezes do que posso me lembrar. Dias em que eu simplesmente não conseguia sair da cama e que eu achei que nunca mais fosse me recuperar.

E um dia, eu o vi de mãos dadas com a nova namorada... E vi que eu estava parada esperando que ele voltasse mas que isso não aconteceria. E eu percebi que também era a minha hora de seguir em frente. 

E vieram as mudanças todas... Reforma do apartamento, nova cama, novo sofá, nova pintura nas paredes, nova mesa, novo computador... Novo cabelo... Eu vi que os risos continuam existindo. E que eu posso e mereço ser feliz... Veio a emoção de um primeiro beijo de novo e a sensação de gostar de alguém... Vieram novos e velhos amigos... Vieram elogios e novas experiências, como a de morar só pela primeira vez na minha vida. Veio a aceitação de que algumas coisas simplesmente acabam e não são menores ou piores por isso. E que algumas pessoas sempre vão fazer parte da sua vida, ainda que somente como peça do seu museu de memórias. Veio o Rock in Rio e Porto Alegre. Veio reaprender a me relacionar e meter os pés pelas mãos algumas vezes. Vieram festas, dias em casa com amigos, passeios sem rumo... Veio o vazio que algumas vezes ainda aparece e as saudades, não dele, mas do que poderia ter sido... Uma especie de saudosismo pelo que não aconteceu. Veio inaugurar uma agência do BB na favela da Rocinha. Veio aprender a trocar lâmpadas!!!! Veio o recomeçar...

Mas principalmente, vieram duas coisas muito importantes... A primeira foi todo o amor que recebi nesse período. Dos amigos, da família, dos colegas de trabalho... E eu percebi que tenho muita sorte de ter pessoas tão maravilhosas na minha vida! E que eu sou melhor por causa de cada uma delas. (Aproveito e deixo aqui o meu muito obrigada a todos que estiveram comigo... Que me aturaram nos meus piores momentos, que me ligaram, me fizeram rir, que me levaram para sair ou simplesmente vieram para a minha casa e me fizeram companhia).

E a segunda, foi todo o crescimento. Eu cresci. Eu amadureci. Eu aprendi que as pessoas só podem me atingir se eu deixar isso acontecer. E que sim, a felicidade existe. E que ela está logo ali... Algumas vezes ela pode até parecer se esconder, mas é só procurar bem...

Engraçado... Depois de tantas atribulações, eu posso com certeza afirmar que termino 2011 mais feliz do que comecei!

domingo, 4 de dezembro de 2011

Livros Lidos


Depois de muito tempo ausente da net, resolvi voltar...

Foram dias conturbados onde eu precisava de um tempo para mim... Para colocar minha cabeça e minha vida em ordem... Ainda faço um post sobre isso... Antes de 2011 acabar!

Agora, vou falar dos livros lidos até agora... Por conta das atribulações, praticamente parei de ler... Vou tentar correr ao máximo agora no mês de dezembro. Mas acho impossível chegar na marca dos 50 livros lidos em 2011! Se não conseguir, tiro o atraso em 2012! Prometo!!!! E para 50, faltam 17!

Vamos lá então... Os livros serão só listados e falarei somente brevemente sobre cada um.

Livro 31: Sarah’s Key - Tatiana de Rosnay
Li em inglês e não sei se já foi feita a tradução para o português. Eu adorei! Recomendo muitíssimo!

Livro 32: A imaginação hiperativa de Olivia Joules - Helen Fielding
Bom livro... Serve para passar o tempo... E é um livro mulherzinha meio policial, o que dá uma cara nova ao estilo.

Livro 33: Eventos: Seu negócio, seu sucesso – Gilda Fleury Meirelles
Livro que precisou ser lido para o trabalho. =)