quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Blogagem Coletiva – Qual a importância você dá a escola?


Mais uma vez, inspirada pelo site Livros e afins, me junto a uma blogagem coletiva.

Vou começar copiando o e-mail que o Alessandro, que é o dono do site Livros e afins, colou no post dele.

“(…) o movimento é um convite do Instituto Unibanco que tem uma série de metodologias em seu programa de voluntariado, que é focado no ensino médio e no combate à evasão escolar nesta fase no ensino público.
Nós compramos a ideia e estamos bem acompanhados nesta ação que acontece amanhã, 11/08, dia de relembrarmos histórias inspiradoras, nossas ou de convidados que escolhermos para postarem em nossos blogs, de quem perseverou nos estudos e tem uma vida melhor por conta disso, mas também alertar os leitores de nossos blogs (twitter, facebook) sobre a gravidade da situação. Para quem quer ler mais, tem muita coisa no site Estudar Vale A Pena, no Relatório de Atividades com dados de 2010, no Facebook e Twitter (@inst_unibanco), além do canal de youtube, onde é possível se inspirar vendo a lista de vídeos feitos por alunos e favoritados pelo pessoal.
O pessoal criou também selos para a blogagem, se quiserem usar, basta incorporar o código que está aqui (ou inserir a imagem em anexo) no post.
P.S. E para quem quiser convidar os amigos menos geeks, aqui tem um texto que conta o que é uma blogagem coletiva http://bit.ly/qKneTC.”

Não acho que minha história escolar seja inspiradora. Eu não tive de superar desafios para ir à escola. Por isso não vou falar da minha experiência.

Vou escrever minhas divagações a respeito da escola.

Eu sei que as escolas têm muito que melhorar, em especial das escolas públicas. Eu conheço a realidade da maior parte das pessoas que passam pelo ensino público. Conheço, pois minha mãe foi professora pública por anos. Porque no meu trabalho temos adolescentes trabalhadores. E vejo a precariedade do ensino público que é oferecido a eles. Sei também, pois já fui alfabetizadora de adultos.

É fato. O ensino brasileiro é falho. Pode-se melhorar. E muito. E falo não só do ensino público, mas falo de todo o ensino escolar brasileiro. Inclusive o superior. E do ensino superior eu falo por experiência própria já que passei por 4 faculdades de ensino superior. Três em Brasília e uma em Manaus.

Porém, ainda assim, até para termos o discernimento de que o ensino pode ser melhor, temos de estudar. É através do estudo que aprendemos e passamos a entender possíveis fragilidades e a importância do conhecimento.

É estudando que abrimos as portas para o conhecimento. É estudando que nos livramos de todas as amarras. É estudando que vamos para frente.

Sim... Estudar não é fácil. Mesmo para os que tiveram sorte, como eu, e puderam estudar em bons colégios e dedicar-se inteiramente a isso. Mas estudar vale realmente a pena. Estudar pode te mostrar novos caminhos, novas vidas, novas pessoas, novos países, novas realidades...

Por isso, eu apoio: #estudarvaleapena

Um comentário:

  1. Eu acho sim a sua história escolar inspiradora. Nos primeiros anos escolares com tranquilidade, mas, ainda assim, se não fosse por vc não teria ido adiante. E mais tarde... não é fácil trabalhar durante o dia e ir para a Faculdade se graduar e depois fazer pós e depois voltar e se graduar outra vez. Parabéns mais uma vez.

    ResponderExcluir